Seg a Sex: das 08h às 22h e aos Sábados: 08h às 12h

Derrubamos 7 Mitos Sobre O Clareamento Dental

A primeira coisa que as pessoas notam ao nos conhecer, é o nosso sorriso. Ele é a nossa melhor apresentação e os cuidados com os dentes são extremamente cruciais. Para esbanjar um sorriso lindo e branquinho por aí, muitas pessoas têm recorrido ao clareamento dental. Porém, muitas dúvidas e mitos ainda cercam esse assunto. Por isso, no artigo de hoje, vamos esclarecer 7 questões pertinentes acerca do clareamento dental.

1 – CONSUMO DE BEBIDAS E ALIMENTOS COM CORANTE

foto_1_-_refri

Um dos maiores mitos a respeito do clareamento dental está na proibição de alimentos e bebidas com corante, como café, refrigerante, vinho, ketchup, etc. É verdade que durante o processo de clareamento a recomendação é que esses itens sejam evitados, para não comprometer o resultado final. Durante o tratamento, os “poros” dos dentes ficam abertos e podem vir a causar manchas. Mas após a finalização do processo, você pode voltar a consumir esses e outros alimentos tranquilamente.

2 – MEUS DENTES VÃO FICAR SENSÍVEIS?

foto_2_-_sensibilidade

Essa é uma grande dúvida de todas as pessoas que vão fazer um clareamento dental. A verdade é que cada caso é um caso. Normalmente os dentes podem sim ficar um pouco mais sensíveis, mas essa sensibilidade pode ser prevenida ou amenizada com técnicas e produtos. Se você já sentiu sensibilidade nos dentes em alguma ocasião, é importante informar ao seu dentista, para que ele possa aplicar flúor, dessensibilizantes e pastas dentárias especificas para sensibilidade.

3 – CLAREAMENTO ALTERA AS RESTAURAÇÕES JÁ EXISTENTES?

O que acontece é que os produtos clareadores não penetram nas restaurações, pois elas são feitas de resina, então não têm efeito sobre elas. Sendo assim, o recomendado é que, após a finalização do tratamento, as restaurações antigas sejam trocadas ou retocadas.

4 – CLAREAMENTO ESTRAGA O ESMALTE?

Fazer um tratamento estético que comprometesse a sua saúde não faria sentido algum. Os produtos químicos aplicados durante o processo de clareamento removem o pigmento corante sem causar prejuízo algum aos dentes.

5 – O RESULTADO FICARÁ ARTIFICIAL?

foto_5_-_dentes_brancos

As pessoas costumam pensar que, após o clareamento, ficarão com os dentes extremamente brancos, quase que como se fossem de mentira. Porém esse pensamento não é real. Nossos dentes possuem uma matiz (cor) que pode ser branca, amarela, cinza ou marrom avermelhada. O clareamento não muda a matiz dos dentes, apenas clareia. Ou seja, o tom natural de seus dentes não será respeitado.

6 – FUMANTES PODEM FAZER CLAREAMENTO?

Sim! Não há contraindicação para fumantes. Porém, com o passar dos anos, a fumaça do cigarro pode vir a deixar os dentes amarelados novamente. A recomendação é que o paciente aproveite a pausa durante o tratamento para abandonar o cigarro de vez, já que ele é prejudicial não só para nossa saúde bucal, mas para todo o organismo de modo geral.

7 – QUAL O MÉTODO MAIS EFICAZ?

Geralmente as pessoas ficam em dúvida entre fazer o clareamento caseiro ou em consultório. As duas técnicas são parecidas, a diferença está no tempo de duração do tratamento. O clareamento feito em consultório, com laser, traz resultados mais rápidos devido ao gel clareador mais concentrado. Porém, a recomendação dos especialistas é que o tratamento combine os dois métodos para que os resultados sejam ainda melhores.

Lembre-se: todo procedimento deve ter acompanhamento de um profissional capacitado. Além disso, visitar um dentista ao menos uma vez no ano é garantia de uma saúde bucal perfeita.



Abrir Chat
1
Precisa de ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?